Lendo agora:

Mostra SÊLA apresenta artistas lésbicas no Bocadim – Festivalzim LGBTQ+ em Brasília

Um festival de arte que celebra a liberdade e promove o direito a uma livre orientação afetivo-sexual e de identidade de gênero. Seguindo a filosofia do Bocadim – Festivalzin LGBTQ+, a Mostra SÊLA irá montar um palco para elas, integrando a programação do evento em Brasília que começa nessa sexta-feira, dia 20, e se estende até o sábado, 21 de julho, convidando mulheres lésbicas para sua programação.

Palco Mostra SÊLA em Brasília: vai encher de caminhoeiras!

Entre as atrações estão as minas do Sapabonde, que eternizam seu mantra “Vem, não se esconde” num DJset histórico. As cantoras e compositoras brasilienses Raquel Reis e Beatriz Águida se apresentam na ocasião com dois pockets shows. Também estão confirmados os nomes de Anna Moura, que participou da Mostra SÊLA no Festival Bananada (GO) e A Banda Delas, seu projeto paralelo.

Mulheres são invisibilizadas na música todos os dias. Mulheres lésbicas também. Diretamente de São Paulo, Camila Garófalo canta no formato voz e violão as músicas de seu próximo disco. A artista, idealizadora da SÊLA, levantou sua bandeira gay quando lançou em 2016 o clipe “Camarim”, que coloca diversas mulheres do meio independente interagindo entre si.

SERVIÇO

Palco ELAS (Mostra SÊLA) no Bocadim – Festivalzin LGBTQ+

20 de julho, 18h-2h

21 de julho, 18h-2h

Funarte, Brasília – DF

Ingressos: a partir de R$ 15,00

Link para ingressos: https://www.sympla.com.br/bocadim—festivalzim-lgbtq__286053

 

PROGRAMAÇÃO

20 de julho – das 18h às 19h
Raquel Reis (DF)

Sapabonde DJ set (DF)

21 de julho – das 18h às 20h

Camila Garófalo (SP)

Anna Moura (DF)
A Banda Delas (DF)

Beatriz Águida (DF)

 

Compartilhe
Escrito por

Jornalista, assessora de imprensa, escritora e produtora cultural, Flora vive de palavra e som. Tem foco de pesquisa e atuação em música independente, é integrante da SÊLA, escreve para o site Mulher na Música, comenta discos no canal Um Vlog de Música e nas horas vagas desata amarras sociais.

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *

Digite o que você deseja buscar