Lendo agora:

Três mulheres cantando, compondo e criando: conheça Bolerinho

Três vozes que reverberam a universalidade feminista. As mulheres do Bolerinho falam sobre maternidade real, saída do armário, desconstrução de gênero, morte e muito mais em seu disco de estreia, homônimo, que acaba de ser lançado. O álbum conta com produção de Mariá Portugal (Quartabê) e Ivan Gomes e tem apoio da SÊLA.

Formado por Luisa Toller (voz e teclado), Maria Beraldo (voz, clarinete, clarone, cavaquinho, guitarra, violão e bateria) e Marina Beraldo Bastos (voz, flauta, flauta em sol e baixo elétrico), o trio Bolerinho é um reflexo de três mulheres que encontram suas vozes de compositoras e arranjadoras, atravessadas pelo feminino e o feminismo, com sua latente e incessante busca por liberdade.

O disco tem inspiração nas criações da Vanguarda Paulista, de Caetano Veloso e do Clube da Esquina, fundindo esses nomes a um experimentalismo moderno e ousado, com elementos da música eletrônica e do rock alternativo. “Na voz certamente bebemos das experimentações como as da Bjork, Lila Downs, Camille, Tune-Yards, Mariana Baraj e Aca Seca”, cita o trio.

Quem quiser provar ao vivo a potência bolerística pode vê-las em ação em show oficial de lançamento, que acontece no dia 24 de agosto, às 21h30, no Sesc Av Paulista. Na semana seguinte, dia 30 de agosto, elas repetem a dose no palco do Centro Cultural São Paulo, às 21h.

 

SERVIÇO

SESC AV PAULISTA

Data: 24 de agosto de 2018

Horário: 21h30

Local: Sesc Av Paulista, Praça (térreo) – Avenida Paulista

Valor: R$ 20 inteira / R$ 10 meia / R$ 6 comerciário

 

CCSP

Data:  30 de agosto de 2018

Horário: 21h

Palco: Sala Adoniran Barbosa, Centro Cultural São Paulo (Rua Vergueiro 1000. Paraíso)

Valor: R$ 20,00 inteira / R$ 10,00 meia

 

Compartilhe

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *

Digite o que você deseja buscar