Lendo agora:

Tiê conta sobre ancestralidade e DVD novo

Tiê conta sobre ancestralidade e DVD novo

A edição 46 do programa A Hora do Sabbat foi muito potente! Muitas colunas, três entrevistas, quase não deu tempo de por música! 

Hora do Sabbat #46

A   femenagem desta semana é para o movimento Mães da Plaza de Mayo que se iniciou em 30 de abril de 1977, quando treze mulheres se reuniram na Plaza de Mayo, que fica em frente do palácio presidencial, para fazer tricô em forma de protesto. Amedrontadas com a possibilidade de ser presas. Naquele período na argentina era proibido realizar reuniões com mais de 3 pessoas. quando elas foram abordadas pela polícia, se dispersaram e começaram a caminhar pela praça, em círculos mesmo, em duplas! 

Então, o que essas mães faziam lá e o que estavam manifestando? Bom durante a ditadura militar muitas pessoas foram sequestradas pelo governo, e essas mães queriam saber de seus filhos.

Esse movimento ganhou visibilidade na copa do mundo de 78, quando a imprensa mundial teve contato com 150 mães que se reuniam semanalmente para reivindicar informações sobre o paradeiro de seus filhos. A ditadura militar argentina durou até 1983.

Hoje na Plaza de Mayo há uma pintura que celebra essa manifestação, um grande círculo de lenços brancos pintado no chão da praça para celebrar a coragem dessas mães.

Dupla em dobro!! É isso, o DaLira é em dobro porque eu e a Flora formamos uma dupla imbatível! Essa semana trouxemos uma entrevista especial, saca só: Foi muito legal reencontrar a Tiê na vida! eu já havia tido a oportunidade de entrevistá-la em 2013. Foi através da Flora Miguel e Roberta Youssef, Tiê volta a cruzar meu caminho e dessa vez, ela quis ser entrevistada aqui no program! Então, depois de dois meses ensaiando, eu e a Flora Miguel lindeuza magnífica! conseguimos encontrá-la no estúdio da outra magalinda, Luna França, foi um café entre amigas mesmo!

O observatório chega desse mês, Raquel Alves nos traz uma entrevista com a delegada responsável pela delegacia da mulher Fernanda dos santos.

No quadro Fala Júpi77er! Jupi77er Pimentel fala sobre uma iniciativa do MEC em barrar pessoas trans de ter acesso ao vestibular da unilab.

A anarcofeministas, na coluna insubmissas esse mês July Vasconcelos fala sobre a discussão que fizeram no último encontro. Maria Lacerda de Moura fascismo filho dileto da igreja e do capital.

O Da lira desta semana, como eu mencionei anteriormente, foi duplo, e a segunda parte foi uma entrevista exclusiva com a Dadona que lançou recentemente o single retranca.

As mulheres das artes visuais por Carlota Cafiero traz Camile Claudel, escultora e artista gráfica francesa. Mais uma mulher que morreu na obscuridade, mas sua obra ganhou reconhecimento por sua originalidade décadas após a morte. 

Me emocionei muito em trazer a femenagem para as Mães da Plaza de Mayo em plena comemoração de dia dos pais. São tantas mãe que assumem a paternidade! Enfim, te espero a semana que vem com muito mais história sobre as conquistas de tantas mulheres que arregaçam a manga e saem pelo mundo realizando sonhos e fazendo a diferença na vida das pessoas.

Como ouvir o programa:
Radio Silva 6° 16h ao vivo
mulhernamusica.com.br
Alm ALondrina 2° 18h
Radio Pagu Sáb 21:30
Radio Baixada Santista 4ª 12h
Radio Bloco 3° 20h

Compartilhe

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *

Digite o que você deseja buscar