Lendo agora:

Em uma viagem ao Juízo Final, Katze mostra Psicostasia

Em uma viagem ao Juízo Final, Katze mostra Psicostasia

Katze, projeto solo da produtora musical curitibana Katherine Finn Zander, ex-integrante da banda Cora e baixista do grupo Noid, abre o ano de 2021 dando continuidade a seu trabalho de colagem sonora que mescla R&B, trap, indie e rock. Após o lançamento do EP “Moon Phases of a Relationship” (2017) e do single e videoclipe “Obsidiana” (2020), além das parcerias em projetos como Mudo (“Volta”, 2018), Resp (“Osasco”, 2020) e no EP de remixes da banda Catavento (“Panca Úmida”, 2019), Katze mostra “Psicostasia”, faixa que chega com clipe.

Inspirada no Egito Antigo, onde psicostasia era o julgamento realizado após a morte das almas, a faixa-clipe de toada “trap rock alternativo” é um convite à revisão de experiências, erros e vivências que nos trazem até o momento presente. Katze questiona os rumos tomados em nossas vidas como quem os revisita, como se estivesse nesse julgamento final. “Psicostasia” foi composta e produzida por Katze  e anuncia a vinda do primeiro álbum cheio da artista, Fratura Exposta, a ser lançado no primeiro semestre de 2021.

“Sempre tive muito interesse pelo o que é justo e o que é certo – acho que, por isso, acabei parando na graduação em Direito. Embora nunca tenha exercido a carreira, foi um tempo em que pude pensar sobre questões acerca da justiça e suas complexidades. Acho que o tema continua sensível pra mim, até por que ‘a coisa certa a se fazer’ não é meramente abstrata, mas algo que o dia a dia te cobra”

Acompanhe Katze:

Instagram

Spotify

Soundcloud

Compartilhe
Escrito por

Perfil da Redação do site mulhernamusica.com.br

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *

Digite o que você deseja buscar