Lendo agora:

Brisa Flow, Mc Izza e Illa Benício têm músicas projetadas na Zona Norte de SP, nesta sexta

Brisa Flow, Mc Izza e Illa Benício têm músicas projetadas na Zona Norte de SP, nesta sexta

“Baby, é só mais uma armadilha. Cuidado na trilha!”, canta a rapper indígena, Brisa Flow, na música “Fique Viva”. A música é uma das escolhidas para serem projetadas pelo projeto “Quebrada Viva”, nas periferias da Zona Norte, de São Paulo, no dia 07 de maio. A iniciativa para uma nova edição do projeto, que faz projeções em laser pelas periferias, surgiu após a crescente no número de casos de COVID-19, principalmente nas regiões periféricas do município de São Paulo. Além de Brisa Flow, a projeção vai contar também com outros artistas, como o rapper MV Bill, o poeta Lews Barbosa, a MC Izza e a cantora Illa Benício.

As músicas para compor a nova edição do projeto foram escolhidas porque servem de conselho, para quem quer que ouça, a praticar o autocuidado, o isolamento social e o uso de máscaras nas periferias, e assim retardando o crescente número de infectados, já que segundo dados divulgados pela prefeitura da capital paulista, as regiões de periferia lideram o número de mortes confirmadas ou suspeitas de contaminação pela COVID-19. A maioria das vítimas registradas, no mês de abril, residiam em bairros situados na Zona Norte, tendo o distrito da Brasilândia com a maior quantidade de vítimas fatais. 

“A música ‘Fique Viva’ diz pra gente se cuidar, pensar um no outro, sabe? Pensar nesse momento de pandemia também, não numa questão individual, mas sim trazer a questão do coletivo. E trazer a conscientização da quebrada, onde ninguém está usando máscara, da importância da gente usar a máscara, da importância do álcool gel, da importância do compartilhar”, conta Michelle Serra, produtora cultural e idealizadora do “Quebrada Viva”.

Além de incentivar medidas de segurança e higiene na periferia, as projeções do Quebrada Viva, visam promover arte, cultura e diversidade em um período de quatro horas, em três pontos da cidade de São Paulo. A proposta é levar arte urbana para essas regiões, e com isso, possibilitar a expansão para outras regiões. O projeto, que teve início em janeiro deste ano, já passou pelas periferias da Zona Sul, Centro e segue dando continuidade na Zona Norte. 

Como forma de seguir as medidas preventivas ao isolamento e distanciamento social ao COVID 19, nenhum dos artistas envolvidos participará presencialmente das projeções, além disso os moradores das periferias visitadas poderão assistir as projeções através das janelas de suas próprias casas. 

SERVIÇO

Quebrada Viva
Projeções em laser com frases de artistas sobre autocuidado e conscientização ao isolamento social.

● Locais: Bairros na Zona Norte de São Paulo: Vila Diva, Limão e Freguesia do Ó

● Data: 07 de Maio 

● Horários: das 19h às 00h 

● Artistas: MV Bill, Brisa Flow, Illa Benício, Mc Izza e Lews Barbosa.

● Itinerário completo:
19h-20h: R. Carolina Soares – Vila Diva, São Paulo – SP
21h-22h: Av. Dep. Emílio Carlos – Limão, São Paulo – SP

23h-00h: Av. Nossa Senhora do Ó – Freguesia do Ó – SP

Compartilhe
Escrito por

Perfil da Redação do site mulhernamusica.com.br

Deixe um comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos obrigatórios são marcados com *

Digite o que você deseja buscar